Ministério Publico do Estado de Mato Grosso

INAUGURAÇÃO

Promotoria de Justiça de Matupá passa a funcionar em sede própria

por JANÃ PINHEIRO

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019, 14h35

Após três anos funcionando numa pequena sala dentro do Fórum, a Promotoria de Justiça de Matupá passa a ter sede própria. A inauguração do novo espaço aconteceu na manhã desta quarta-feira (13) e contou com a presença do procurador-geral de Justiça, Mauro Benedito Pouso Curvo, do corregedor-geral do MPMT, procurador de Justiça Flávio Cesar Fachone, do procurador de Justiça Paulo Prado e da promotora de Justiça Rebeca Santana Rêgo.

Com 340 metros quadrados de área construída, a sede conta com um moderno projeto de arquitetura, que foi concebido para atender a toda a população de Matupá de forma inclusiva. Pessoas com deficiência podem facilmente acessar o prédio, desde a entrada, passando pela recepção, auditório e banheiros. Além de sinalização adequada, não há barreiras arquitetônicas, fazendo com que pessoas com dificuldades de locomoção possam transitar no local sem qualquer tipo de problema.

“Os prédios das Promotorias de Justiça de Mato Grosso são todos projetados de fora para dentro, ou seja, para atender o que a população precisa. Além disso, são feitos para atender o Ministério Público daqui a 15 ou 20 anos. Ou seja, projetamos para o presente e para o futuro”, destacou o procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo.

Para ele, é uma grande honra entregar esta estrutura completa para a população matupaense. “Estamos entregando um prédio moderno, que segue as normas de acessibilidade e pronto para atender aqueles que precisam. Nós trabalhamos até hoje dentro de uma sala cedida pelo Poder Judiciário, nosso parceiro e que muito nos ajudou aqui em Matupá. Porém, nada melhor do que termos um espaço adequado para receber com conforto. O Ministério Público está de portas abertas a todos, pois somos os defensores da cidadania. A promotoria não foi só pensada só para nossos colegas que aqui trabalham, mas sobretudo para o cidadão matupaense que vem nos procurar”, ressaltou Curvo.

O procurador de Justiça, Paulo Prado, que iniciou a obra na sua gestão, parabenizou o procurador-geral por ter concluído o prédio. “Esse terreno aqui foi doado pelo médico Ivanio Dallagnol, por intermédio do atual prefeito Valter Miotto, que na época também era prefeito em Matupá. Lá em 2007, 2008, prevendo o crescimento desta região, o Ivanio doou o terreno para construir a Promotoria de Justiça de Matupá. Hoje, alguns anos depois, estamos aqui para juntos entregarmos à população este prédio, que foi pensado para atender de forma igualitária, com conforto e dignidade. O papel do Ministério Público é esse, se aproximar do cidadão, abrir as portas para a sociedade”.

A promotora de Justiça de Matupá, Rebeca Santana Rêgo, agradeceu a atual gestão do MPMT pelo comprometimento em concluir e entregar a obra para a população. “Hoje meu sentimento é de felicidade. Vejo a entrega desta nova sede como uma avanço para a instituição e para a sociedade de Matupá. Esta casa nova também representa um desafio, porque sei que aqui neste espaço próprio a sociedade vai nos ver melhor, vai nos procurar mais e a demanda haverá de aumentar. Espero que nosso trabalho seja satisfatório e acompanhe os anseios da sociedade”, afirmou.

Ela aproveitou para destacar o papel do Ministério Público. “Qual é a nossa missão? Falar pelo outro, mas não todos os outros, mas sim aquele outro mais frágil. Crianças, adolescentes, animais, meio ambiente como um todo, as pessoas com deficiência, as mulheres, os negros, defender a probidade administrativa, o patrimônio público, os consumidores, a democracia, a lisura do procedimento eleitoral, a coletividade como um todo e suas minorias”, disse.

Para a promotora, para falar pelo outro, antes é necessário ouvir. “Precisamos ser bons ouvintes. A partir da escuta identificamos o que o outro frágil precisa, somente assim é possível falar pelo outro, defender suas reais necessidades junto ao Poder Judiciário e demais órgãos públicos”, completou.

Participaram também do evento o prefeito municipal de Matupá, Valter Miotto, que intermediou a doação do terreno onde foi construída a sede e os promotores de Justiça de Terra Nova do Norte Arthur Yasuhiro Kenji Sato e Guarantã do Norte Luis Alexandre Lima Lentisco.


INFRAESTRUTURA: Localizada num terreno de 1.200 metros quadrados, a nova sede tem 340 metros quadrados de área construída. A Promotoria conta com sala de espera, recepção com balcão adaptado para Pessoas com Deficiência (PCD), sanitários masculino e feminino, além da copa, lavabo, dois gabinetes para promotores, sala de apoio administrativo, auditório com 30 lugares e estacionamento com 10 vagas.

A nova sede, que custou R$ 1.081.915,67, está localizada na Avenida Periférica R1, esquina com a Rua 07 R1, lotes 01, zona regional 001. Telefone (66) 3595-1816.
Compartilhe nas redes sociais
facebook twitter
topo