Ministério Publico do Estado de Mato Grosso
empty

CUIABÁ

Urbanismo e adoção integram pauta de encontro temático promovido pelo MPMT nesta quinta e sexta-feira

por CLÊNIA GORETH

quinta-feira, 08 de novembro de 2018, 11h50

Hoje e amanhã (08 e 09), em que se comemora, respectivamente, os dias mundiais do Urbanismo e da Adoção, vários promotores de Justiça estão em Cuiabá participando do 1º Encontro Temático: Meio Ambiente Urbano e Criança e Adolescente. Nesta quinta-feira, serão debatidos aspectos relacionados ao meio ambiente urbano e, na sexta-feira, serão discutidas questões voltadas a adoção, entre outros temas.

Na abertura do evento, o titular da Procuradoria Especializada Ambiental e da Ordem Urbanística, procurador de Justiça Luiz Alberto Esteves Scaloppe, falou sobre os objetivos da iniciativa. “Esse evento tem três motivos: comemorar essas duas importantes datas, promover a capacitação e também estimular os promotores de Justiça a terem um olhar mais atento para a cidade. Somos um dos estados mais urbanizados do Brasil, isso significa que os nossos dramas são urbanos”, ressaltou.

O titular da Procuradoria Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente, Paulo Roberto Jorge do Prado, também destacou a importância das discussões. “Precisamos nos aproximar cada vez mais da sociedade para garantirmos a adoção de medidas e mudanças de comportamentos visando a preservação do meio ambiente para as futuras gerações. Que as nossas crianças possam transmitir para seus filhos e netos  um meio ambiente melhor”, afirmou.

Prado também ressaltou a necessidade da ampliação das discussões em torno da adoção. “A nossa legislação já evoluiu muito ao possibilitar, por exemplo, a adoção homoafetiva, mas precisamos estar juntos com a sociedade para garantirmos que as nossas crianças e adolescentes não fiquem em abrigos e sejam inseridas com a maior brevidade possível em uma família”, disse.

O procurador-geral de Justiça, Mauro Benedito Pouso Curvo, enfatizou que se afastará das funções a partir do dia 12 para tentar a reeleição, e disse estar muito feliz em encerrar as atividades com um evento inovador. Pela primeira vez, a instituição agrega discussões sobre duas temáticas importantes em um único evento. “Além de reduzir custos, os procuradores responsáveis pela realização deste encontro tiveram a sensibilidade ao identificar as correlações existentes entre esses dois temas que afetam a nossa atuação diária”, observou.

Também participaram da mesa de honra o coordenador do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), Wagner  Fachone; e o diretor da Fundação Escola Superior do Ministério Público, Roberto Aparecido Turin. A palestra de abertura foi proferida por Julián Mora Aliseda, da Fundación Internacional para la Sostentabilidad Ambiental y Territorial.
Compartilhe nas redes sociais
facebook twitter
topo